Menu fechado

Por Vitória Fontes

Cistite Intersticial Felina: um desafio para o clínico veterinário e para o tutor

1. INTRODUÇÃO

A doença do trato urinário inferior felino (DTUIF), antiga Síndrome Urológica Felina (SUF), corresponde a um conjunto de sinais clínicos como hematúria, polaciúria (micção difícil, em gotejamento), periúria (micção em locais inapropriados) e obstrução uretral, em que a etiologia é multifatorial, podendo ser decorrente de urolitíase, defeitos anatômicos (persistência de úraco e divertículo), infecções bacterianas, fúngicas ou parasitárias e neoplásicas, além de idiopática (WESTROPP, 2007). Considerando que sinais urológicos são comuns dentro da medicina felina, é de suma importância conhecer as patologias que acometem a espécie, sendo a principal delas a Cistite Intersticial Felina (CIF), também conhecida como Cistite Idiopática Felina.

Seja bem-vindo(a) leitor(a)!
Ainda não é assinante?

Assine agora e tenha acesso ilimitado a todas as materias de todas as edições da revista Medicina Veterinária em Foco!

Assinar